Saiba mais sobre os seis subsistemas de cabeamento estruturado

Reading time: 5 minutes

Considerar o uso de um sistema de cabeamento estruturado é indispensável para manter o negócio competitivo no mercado. Neste artigo, iremos explicar a definição do que é cabeamento estruturado e seus subsistemas relacionados.

Grande parte dos problemas relacionados a instalações e cabos nas empresas acontecem pela falta de uma boa infraestrutura de redes internas. Proprietários e responsáveis pelas empresas tem tido uma enorme dor de cabeça quando o assunto é mudar sua estrutura interna.

Definição de cabeamento estruturado

Em termos gerais, o cabeamento estruturado é a organização de conectores e meios de transmissão de redes de dado e voz, internet e redes internas, facilitando, e muito, a transmissão de dados e sinais de áudio, vídeo e telefonia.

Para a otimização deste serviço, os fios geralmente são agrupados, como cabos de fibra óptica, rede, elétrica, fibra ótica, segurança e eletrônica, permitindo a sua distribuição organizada e padronizada por todo o ambiente.

Nas ocasiões de instalação em empresas, que requer uma série de cabeamentos, não só os elétricos, mas também os de dados, esse serviço é estruturado em um sistema associado a um hardware primário, com o objetivo de fornecer a infraestrutura necessária para a telecomunicação. Desta maneira, ela pode transmitir dados para uma rede de computadores e outros dispositivos.

Esse tipo de organização e estrutura surgiu entre os anos 80 e 90 e progrediu de modo tão grande que houve a necessidade de adotar a criação de normas para a padronização de procedimentos, cabos e conectores.

Este tipo de sistema de cabos permite que qualquer tipo de sinal elétrico que envolva dados, telefonia, áudio e segurança sejam transmitidos. Eles podem ser convencionais ou não, de alta ou baixa qualidade. Este tipo de cabeamento é composto por seis outros subsistemas, cada um contendo suas próprias especificações de desempenho e instalação.

O principal objetivo deste tipo de cabeamento deve ser o engajamento e a conexão entre estes sistemas, ao mesmo tempo ele deve ser flexível, permitindo alterações e mudanças ágeis mas sem perder a qualidade. Ou seja, todas as alterações devem ser possíveis de serem feitas, seguindo sempre um padrão de documentação, flexibilidade e identificação.

O cabeamento estruturado existe para descomplicar os procedimentos administrativos, de manutenção além de promover a resolução de problemas em redes internas e externas.

Quando são instaladas de maneira correta, de acordo com as especificações e normas técnicas, a duração deste sistema é de 10 anos. A confiabilidade e segurança sobre a variação da rede também cresce consideravelmente quando o cabeamento estruturado é instalado. Por isso, é importante considerar o uso desta nova tecnologia visando a redução de custos futuros com este tipo de material.

Características do cabeamento estruturado

As principais características de um sistema de cabeamento estruturado correspondem a um conjunto de peças que se conectam entre si e que, dentro das regras de engenharia, possibilitam:

-Uma arquitetura aberta e clara;

-Padronização dos meios de transmissão e disposições físicas;

-Administração facilitada do sistema de cabeamento;

-Sistematização de projetos e instalação.

Os subsistemas do cabeamento estruturado

O cabeamento estruturado possui seis subsistemas, cada um com suas próprias especificações de desempenho e instalações. Saiba mais sobre cada um deles agora:

-Cabeamento Horizontal (HC-Horizontal Cabling): responsável pela conexão da sala de telecomunicações (TR) até a área de trabalho (WA). Ele irá distribuir o cabeamento entre as áreas de trabalho dentro das salas do mesmo pavimento/andar;

– Cabeamento Backbone (BC-Backbone Cabling): realiza a ligação entre a sala de telecomunicações (TR) e as salas de equipamentos e produtos de entrada (EF). Constituído pelos cabos de backbone e cross-connections intermediário e principal, cabos de conexão, conexão entre pavimentos e cabos entre prédios (campus backbone). Em outras palavras, ele interliga os andares/pavimentos de uma edificação;

-Área de Trabalho (WA – Work Area): espaço físico onde o usuário irá trabalhar com os equipamentos de comunicação. Ele é formado por computadores, telefones, cabos de ligação e eventuais adaptadores. São as conhecidas estações de trabalho, ou workstations;

-Sala de Telecomunicações (TR – Telecommunications Room): espaço destinado para acomodação e alojamento de equipamentos, terminais e manobras de cabos. Esse é o ponto de conexão entre o backbone e o cabeamento horizontal.;

Os cross-connects são acoplados nas salas de telecomunicações (TR), podendo ou não possuir elementos ativos. Nos casos de um ambiente corporativo maior, cada andar ou pavimento possui uma sala como esta para acomodar os racks com os equipamentos.

Em casos de empresas menores, os racks para armazenamento também é menor, sendo acomodados em armários, ou fixados nas paredes dos andares.

-Sala de Equipamentos (ER – Equipment Room): espaço destinado as principais ferramentas ativas de rede como PABX, servidores, switches, hubs, roteadores, entre outros equipamentos.;

É nesta área que costuma-se instalar o principal painel de manobras ou main cross-connect, composto de patch panels, blocos 110 ou distribuidores ópticos. Normalmente, a sala onde ficam os equipamentos principais da rede, importantíssimo para a administração gerencial da empresa.

É comum que dividam espaço no CPD e fiquem próximos aos racks de servidores e outros dispositivos principais do setor de TI, mas podem ter sala exclusiva se a empresa for grande ou dividir espaços com outros setores se a infraestrutura estiver pequena ou média.

-Entrada do Edifício (EF – Entrance Facility): ponto onde é realizada a ligação entre o cabeamento externo e a entrada no edifício dos serviços disponibilizados. São as caixas onde chegam os links, linhas e outros serviços oferecidos pelas empresas de comunicação.

Agora que você já sabe a respeito de todos os subsistemas de cabeamento estruturado, conte com a Just 4 Offices a melhor opção em projetos de cabeamento. Sabemos o que é preciso para satisfazer o cliente e otimizar os processos de sua empresa.
Faça um orçamento conosco, implemente o sistema em sua empresa e mantenha-se atualizado em relação a todas as alterações corporativas, e assim contribua para o crescimento do seu negócio.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *