Quais as principais diferenças entre cabo CAT 5, cabo CAT 5E e cabo CAT 6A

Reading time: 5 minutes

Você com certeza ouviu falar sobre estes três diferentes tipos de cabos durante a instalação de um sistema de cabeamento estruturado. Mas saberia dizer qual é a grande diferença e finalidade de cada um? Afinal, o que significam essas abreviações e designações?

Antes de tudo, essas designações fazem referência aos tipos de cabos utilizados em redes. De maneira resumida são chamados de cabos UTP, cabos Ethernet ou cabos de rede. Estes cabos fazem parte de qualquer processo de instalação de um sistema de cabeamento estruturado.

São aqueles mesmos que também ficam atrás de nossos computadores, fornecendo a nós a transmissão de dados de internet. Geralmente são da cor azul e de cor transparente nas extremidades e são feitos de cobre.

Já as letras CAT significam categoria, cada uma com uma característica distinta. Acompanhe abaixo a descrição delas:

CAT 5

O cabo CAT5 é o menor em capacidade de atingir velocidades de transmissão de dados que os demais tipos. Originário do antigo cabo u utp, são indicados para serem instalados em lugares onde a velocidade desta transmissão não seja prioridade. Este tipo de cabo se tornou muito raro de ser encontrado no mercado atualmente, sendo substituído pelo modelo CAT5E.

CAT 5E

Versão melhorada do cabo do tipo CAT 5. É capaz de proporcionar uma maior velocidade que o do tipo anterior além de ser um cabo blindado, propenso a menos interferências. São indicados para transferência de dados dentro de uma empresa e o uso da internet. Estão presentes em empresas de pequeno porte, apresentando a melhor relação custo x benefício.

CAT 6A

O cabo da categoria 6A ainda está se popularizando no mercado. Desempenham a maior velocidade dentre os demais apresentados até aqui. Entretanto, são mais caros, menos flexíveis e mais grossos, espessos.

Recomendado na maioria das vezes para locais onde é cobrado uma velocidade de transmissão altíssima com o mínimo de interferência externa possível e que não se pretenda investir com a instalação de fibra óptica.

É importante frisar que todos estes cabos possuem limitação de instalação de até 100 metros cada um. Em casos em que for necessário o uso de um comprimento maior do que este, recomenda-se o uso de cabos de fibra óptica.

Quando um cliente decide fazer o uso de uma determinada categoria de cabos, toda a rede onde ele for instalado deverá acompanhar sua respectiva tecnologia. Vamos usar como exemplo os cabos da categoria CAT6. O mesmo deve-se levar em conta em relação a infraestrutura de onde será instalado, seja em patch cords, ou tomadas RJ45, etc.

Condutores

O padrão-ouro, ou seja, o padrão principal para condutividade é o cobre. Cabos na extremidade inferior do espectro CAT empregam um condutor de bitola ligeiramente mais leve, um composto de alumínio revestido de cobre (CCA), em contrapartida na extremidade de maior desempenho do espectro eles empregam condutor de cobre puro de bitola mais pesada (cobre nu ou BC).

Em outras palavras, quanto mais cobre o cabo possui, menos resistência e interferência existe ao longo dele e um sistema em uma extremidade pode se comunicar com um outro sistema mais rapidamente, com maior precisão.

Cross-talk

As torções no cabo tem a finalidade de reduzir conversas cruzadas, ou seja, interferências de um par de torções para outro. Torções mais precisas e mais consistentes significam menos interferências, ao passo que menos interferências significam mais transmissões de dados eficientes e rápidas.

A maioria dos cabos Ethernet depende unicamente de suas torções para neutralizar ou reduzir significativamente a interferência eletromagnética, seja por pares torcidos vizinhos, ou por força eletromagnética externa.
Todavia, se você estiver executando cabos externamente, através de paredes ou em qualquer outro ambiente onde haja algum tipo de interferência eletromagnética que possa influenciar sua rede, você deve considerar obter cabos Cat blindados.

Mais um elo crítico na cadeia

Nem todos os conectores RJ45 são criados com os mesmos tamanhos. É necessário observar os terminais para conectores e tomadas da mesma classificação que o seu cabo, pois, na maioria dos sistemas, um elo fraco na rede pode reduzir a eficiência de todo sistema e atrapalhar a instalação na placa de rede, diminuindo sua velocidade e precisão na transmissão de dados.

Quando você combina todas essas considerações e fatores (seja a qualidade do condutor, a quantidade de torções, proteção e blindagem onde é necessário, e terminais adequadas), você possui uma rede de cabos de alta performance.

Se você quer garantir que os seus cabos tenham as qualidades descritas acima, o CAT-5E é uma boa opção com boa transferência de velocidade e largura de banda razoável, enquanto o CAT-6 é um nível acima com tolerâncias mais apertadas e melhor performance e desempenho.
A importância de entender sobre estes cabos

Quando pensar em fazer algum tipo de instalação de cabos ou de um sistema de cabeamento estruturado, leve em consideração e procure por um profissional que saiba as diferenças destes tipos de cabos. Isso passa credibilidade e confiança a quem está contratando o serviço.

Conte com os serviços de instalação de cabeamento estruturado da Just 4 Offices para otimizar os serviços e transmissão de dados de sua empresa. Estruturamos nosso trabalho com base em um planejamento pré determinado e com acompanhamento de relatórios técnicos para que toda a instalação seja adequada e organizada. Entre em contato e solicite um orçamento com a gente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *